Logo
Blog do PCO

Jogo Aberto

*O candidato que usa a profissão de médico para estabelecer um esquema filantrópico de atendimento que proporcione visibilidade eleitoral comete abuso de poder econômico e fere a legislação eleitoral. Com esse entendimento, o Tribunal Superior Eleitoral cassou o mandato do deputado estadual Targino Machado (DEM-BA), eleito em 2018, e definiu sua inelegibilidade por oito anos. Os ministros entenderam que o uso da filantropia foi desproporcional e gerou desigualdade para com os demais candidatos. O Tribunal discutiu ainda qual seria o destino dos votos angariados por Targino Machado (foto): se ficariam para a coligação ou partido dele, ou se seriam totalmente anulados, o que levaria ao recálculo do quociente eleitoral, decidindo que os votos não podem ser aproveitados e estão nulos para todos os efeitos, nos termos do artigo 222 do Código Eleitoral. Isso significa que o quociente eleitoral deverá ser recalculado, o que poderá provocar mudanças na composição das bancadas.

 

*A Assembleia Geral da ONU elegeu a Rússia, China, Cuba e 12 outros países como membros do Conselho de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) por mandatos de três anos, a partir de 1º de janeiro de 2021. Este ano, as eleições para o Conselho de Direitos Humanos tiveram 16 candidatos de quatro grupos regionais – África, Ásia-Pacífico, Leste Europeu, América Latina e Caribe, e Europa Ocidental – competindo por uma vaga no órgão com sede em Genebra, na Suíça. Para ser eleito, um país necessita obter 97 votos.

 

*Segundo estudo do Itaú Unibanco, apenas 4 dos 14 setores analisados conseguiram superar as perdas causadas pela freada brusca da atividade econômica. O agronegócio, áreas da construção civil, o setor de alimentos e nichos que operam com tecnologia – como os aplicativos de entrega e empresas de vendas online – têm atualmente demandas acima ou similares às registradas no início do primeiro trimestre antes das medidas de restrição contra o coronavírus. Setores como o de vestuário e de eletroeletrônicos cortaram funcionários e ampliaram ociosidade de fábricas, mas foram pegos de surpresa com a demanda por celulares, geladeiras e produtos têxteis que agora supera a capacidade de produção. Entre os setores que ainda não começaram a se recuperar, destacam-se a cadeia de turismo, as companhias aéreas e o ramo automotivo.

 

*Os futuros médicos que se preparem. O deputado Eduardo Costa (PTB-PA) apresentou à Câmara dos Deputados Projeto de Lei que estabelece que, para exercer a profissão no Brasil, a exemplo do Exame de Ordem da OAB, os médicos terão de ser aprovados em um exame nacional de suficiência em medicina, com provas teórica e prática. O texto altera Lei 3.268/57, que trata dos Conselhos de Medicina e hoje estabelece que o exercício legal da medicina depende do registro de títulos, diplomas e certificados no Ministério da Educação e de inscrição no Conselho Regional de Medicina. Se for aprovado e virar lei, o exame deverá ser regulamentado posteriormente. A prova será obrigatória apenas para aqueles que concluírem seus cursos em medicina após a edição da lei.

 

*O Brasil registrou recorde de fusões e aquisições em agosto, quando registrou 112 operações, um volume 65% superior ao mesmo mês de 2019. Segundo relatório da consultoria PWC Brasil o país soma agora 585 transações nos oito primeiros meses de 2020, um recorde para o período do ano para a série histórica. Acompanhando a tendência, as empresas Y&R e VML, agências do WPP no Brasil, começaram o processo de união. A nova agência VMLY&R passa a operar a partir de 1º de janeiro de 2021.

 

*O jornalista Cid Moreira, aos 93 anos, que já afirmou que pretende trabalhar até parar de respirar, é o novo garoto-propaganda da Sono Quality Colchões. A nova campanha mudando a assinatura de “O Colchão da Saúde” para “Colchão do Brasil,” foi ao ar na última terça-feira (13), durante os intervalos comerciais do Masterchef. Na peça o jornalista contracena com a sua esposa, Fátima Sampaio. A campanha deve durar seis meses e será veiculada em TV aberta e nas redes sociais da marca.

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *