Logo
Blog do PCO

Nem assim Bolsonaro se rende aos fatos

O Palácio do Planalto, onde está o gabinete da presidência do Brasil, é um espelho da crise sanitária que o país tem enfrentado devido à pandemia da Covid-19. Desde o início da crise sanitária, em março do ano passado, 460 funcionários que trabalham no Palácio, em Brasília, testaram positivo ao coronavírus, segundo revela a própria Secretária-Geral da Presidência. Estes 460 casos entre as 3.500 pessoas que trabalham no edifício, mostram que 13% dos funcionários no Palácio do Planalto já contraíram o vírus. Uma taxa de infeção que é superior à média do Brasil – 12,7 milhões dos 212,8 milhões de habitantes do Brasil já foram infetados, ou seja 6% da população. Tem gente achando que o presidente anda altamente radioativo e passando adiante o vírus. No último mês foram diagnosticados 30 casos positivos no Palácio do Planalto, o dobro dos reportados em fevereiro. O pico de infeções aconteceu em julho do ano passado, quando foram detectados 92 casos de Covid-19. No gabinete do presidente Jair Bolsonaro já foram identificados 28 casos de contágio desde o início da pandemia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *