Logo
Blog do PCO

Jogo Aberto

*O governo federal quer elevar em 42% a arrecadação com desinvestimentos e venda de ativos em 2020, atingindo R$ 150 bilhões, afirmou nessa terça-feira o secretário especial de Desestatização do ministério da Economia, Salim Mattar (foto). O foco deste ano serão as empresas do grupo Eletrobras, afirmou Mattar em entrevista. Em 2019, o governo arrecadou R$ 51,4 bilhões com desestatizações e R$ 54 bilhões com desinvestimentos. As empresas vendidas ou que tiveram participação vendida pela União incluíram IRB Brasil, Embraer e Vale.

 

*A Organização Mundial de Saúde anunciou ontem um plano para preparar os hospitais de todo o mundo para um novo vírus que já contagiou dezenas de pessoas na China, provocando uma morte. O anúncio foi feito depois que uma pessoa fora da China foi diagnosticada com o mesmo vírus misterioso. “Estamos nos preparando para a hipótese de contágios em massa. Por isso, estão sendo tomadas medidas de prevenção e controle de infecções para que todos os hospitais do mundo apliquem as precauções habituais”, informou a diretora interina do Departamento de Doenças Emergentes da Organização Mundial de Saúde, Maria Van Kerkhove. Até agora, o novo vírus já provocou a morte de uma pessoa e afetou outras 41, que registram sintomas semelhantes aos de uma pneumonia. Dos 41 casos confirmados na China, seis estão em estado grave e outros sete já tiveram alta, disse a porta-voz da OMS, Tarik Jasarevic.

 

*O corretor de imóveis tem direito a receber comissão nos casos em que houver desistência por arrependimento do comprador ou vendedor. A comissão só não deve ser paga caso a desistência seja culpa do corretor. A decisão é da 3ª Turma do Superior Tribunal de Justiça ao reconhecer o direito de duas corretoras de receberem a comissão, apesar de o negócio não ter sido efetivado. As corretoras recorrentes intermediaram uma venda e, quando já estava agendada a lavratura da escritura no cartório de registro de imóveis, a compradora não compareceu, o que levou à rescisão contratual por arrependimento.

 

*O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, começou a semana com agenda internacional cheia. Depois de ter participado ontem de uma reunião do Banco de Compensações Internacionais (BIS), na Suíça, nesta quarta-feira (15) desembarca em Cancun, no México, onde fará palestra na Santander Latin American Conference.

 

*O MDB gaúcho arma uma grande festa para comemorar, no dia 31 de fevereiro, os 90 anos do ex-senador Pedro Simon. O local escolhido para a festa intitulada “90 anos Pedro Simon – uma trajetória de lutas”, que irá celebrar a data e também a trajetória política de Simon, foi a cidade de Capão da Canoa. A cidade gaúcha realizou, sob a liderança de Pedro Simon, uma das maiores caminhadas pela campanha das Diretas Já no país.

 

*Não é nenhuma novidade o fato de os brasileiros serem considerados os maiores consumidores de café do mundo. O que ninguém sabia é que os ministros do Superior do Trabalho (TST) contribuíram e muito para o resultado dos levantamentos recentes sobre o consumo da bebida no país. Pelo menos é o que se pode deduzir com a licitação aberta recentemente pelo TST: o tribunal pretende comprar cerca de 14 toneladas de café em pó torrado e moído. Com a compra, O TST deverá gastar cerca de R$ 181,4 mil. Haja cafezinho.

 

*Um dos hotéis mais icônicos da hotelaria nacional, o Tropical Hotel, localizado às margens do Rio Negro, no Amazonas, fechou as portas. Em meio a uma crise sem precedentes, o hotel que já foi reduto de celebridades encerra de maneira triste sua história: na escuridão. O empreendimento, que vai a leilão, está há mais de uma semana sem luz, depois que a concessionária Amazonas Energia afirmou ter tentado por inúmeras vezes negociar uma dívida que soma mais de R$ 20 milhões.

 

*Nesta quarta-feira o CCBB BH vai abrigar a exposição “Poteiro, o Popular e o Público”. A mostra inédita reúne 30 obras do artista português Antonio Poteiro e é a primeira vez que o público terá acesso a fotografias do arquivo pessoal do artista junto a personalidades da cena cultural brasileira, como Burle Marx e Jorge Amado. A curadoria é de Leno Veras.

 

*A jornalista e escritora brasileira Karina Manasseh lança no próximo dia 23, em Washington, D.C., o livro “Entre Cabul e a Dança das Borboletas”. A obra reúne cultura, história, gastronomia, turismo, experiências da própria autora durante viagens pelo mundo e o lançamento acontece, às 06:00 pm, no Busboys and Poets.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *