Logo
Blog do PCO

Pesquisas eleitorais poderão ter afirmações caluniosas contra candidatos

Para evitar “dúvidas e controvérsias”, o plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) revogou, por unanimidade, dois artigos de uma resolução que restringiam a abrangência de perguntas em pesquisas eleitorais, após reação negativa de entidades representativas da imprensa e de institutos de pesquisa. Com a revogação, as pesquisas eleitorais para o pleito deste ano poderão ter, em suas perguntas, afirmações caluniosas, difamatórias ou injuriosas sobre determinado candidato. . A corte liberou também perguntas a respeito de temas não relacionados à eleição nos questionários aplicados nas pesquisas de opinião pública. A revogação foi proposta pelo presidente do TSE, ministro Luiz Fux (foto), para quem os parágrafos agora revogados “ocasionaram dúvidas razoáveis e insegurança em parte significativa da sociedade”

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *