Logo
Blog do PCO

Pimentel cobra coordenação política e cooperação entre os estados

Se não houver coordenação política e cooperação entre os Estados, haverá grandes dificuldades para governar o país no contexto atual. O alerta foi dado pelo governador Fernando Pimentel (PT), durante o seu discurso na McCourt International Leader Speaker Series, em Washington, DC, na terça-feira. O tema central do encontro, que aconteceu na Universidade Georgetown, foi “Federalismo e Política Participativa no Brasil”. Pimentel também falou do déficit público e previdenciário e dos desafios de governar Minas Gerais, criticando o governo do PSDB, que, para ele, nunca dialogou com a população. “É uma política que nunca havia sido adotada pelos governos anteriores, e que trata simplesmente de dialogar com a população. De criar instrumentos efetivos de diálogo com os mineiros, que nos permitam determinar quais são as prioridades de cada região do estado, fazendo assim com que o dinheiro, que é insuficiente, atenda àquilo que é mais prioritário para cada região. Minas Gerais é um dos estados mais afetados com a crise econômica que atingiu fortemente o país nos últimos anos”, disse o governador.

 

Busca de investimentos

No encontro que teve com o presidente do BID, Luiz Alberto Moreno, e outras autoridades em Washington, Pimentel (foto) tentou garantir a liberação de R$ 1 bilhão para investimentos em infraestrutura e saneamento pela Copasa, no Norte de Minas. De acordo com informações do governo, devido a capacidade de endividamento limitada do Estado, a proposta apresentada foi a de viabilizar recursos para empresas e iniciativas que não tenham o Governo como tomador. Outro assunto discutido foi a securitização de recursos para infraestrutura rodoviária. Também participaram da reunião o vice-presidente de países, Alexandre Rosa, com o cônsul-sênior Artur Lacerda e com os diretores executivos pelo Brasil, Antônio Henrique da Silveira e Frederico G. Jayme Jr.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *