Logo
Blog do PCO

Pimentel reclama de discriminação do governo federal

Após uma semana cheia de eventos, o governador Fernando Pimentel (foto), encerrou a sexta-feira falando para prefeitos dos esforços que ele tem feito para equilibrar as contas e continuar com o processo de desenvolvimento do estado. Pimentel reclama de discriminação e das perdas que o estado vem sofrendo. “Hoje, nós sofremos todas as agruras que vocês já conhecem. Minas Gerais é discriminada pelo Governo Federal. Tomaram três usinas da Cemig, leiloaram e venderam para o capital estrangeiro. Perdemos 30% da capacidade de geração de energia elétrica na nossa empresa. Cortam as verbas da saúde e há pouco tempo tentaram bloquear as contas do Estado, cobrando uma dívida fictícia que nunca houve, de R$ 6 bilhões. É o contrário, quem nos deve é a União, que deve os recursos da Lei Kandir. E mais: descobrimos, em uma auditoria feita pela Secretaria de Estado da Fazenda, que o governo federal está devendo R$ 20 bilhões para todos os estados brasileiros”.

 

Driblando a legislação

Pimentel disse que o governo federal tem deixado de classificar como impostos, recursos que têm entrado regularmente no caixa do Tesouro Nacional. Desta forma, a União “dribla” a legislação que a obriga a repartir o dinheiro com os estados brasileiros. O governo mineiro já enviou ofício ao presidente Michel Temer cobrando o repasse das verbas – medida que será seguida por outros governadores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *